Internacional Dois tigres são abatidos da China após matarem cuidador

Dois tigres são abatidos da China após matarem cuidador

Homem havia acabado de alimentar animais, que logo em seguida fugiram de suas jaulas. Mortes foram criticadas na internet

AFP
Dois tigres são abatidos da China após matarem cuidador

Dois tigres são abatidos da China após matarem cuidador

Pixabay

Um cuidador de zoológico morreu, atacado por dois tigres que tinha acabado de alimentar. Os animais foram abatidos, após escaparem de suas jaulas em um parque no centro da China.

De acordo com um comunicado do Escritório Florestal de Xichuan, na província central de Henan, "um guardião foi ferido na manhã desta terça-feira por mordidas que recebeu após alimentar dois tigres que escaparam de suas jaulas. O cuidador foi levado às pressas para o hospital, onde morreu".

O incidente gerou uma caçada para capturar os tigres, que terminaram sendo abatidos dentro do parque Vale dos Pavões de Danjiang. 

Os felinos foram alugados para o zoológico por um circo da cidade de Suzhou, no leste do país, completou o departamento florestal, que abriu uma investigação para determinar as circunstâncias do acidente.

O caso provocou críticas entre os internautas, que questionaram a existência de parques com animais trancados. 

"Exceto por razões científicas, os animais não devem ser mantidos em cativeiro em zoológicos", escreveu um internauta no site do Baidu. 

Fugas de animais selvagens não são raras na China. No início deste mês, três leopardos foram encontrados vagando pela cidade de Hangzhou, a sudoeste de Xangai.

Os zoológicos chineses são, frequentemente, alvo de críticas pelas condições em que os animais vivem, assim como pelos incidentes fatais atribuídos à ausência de regras de segurança rígidas. 

Em 2016, uma mulher morreu em um zoológico de Pequim, onde os visitantes podem observar os animais de um veículo que percorre o local. 

O acidente ocorreu quando a filha da mulher saiu do veículo e foi atacada por um tigre, sofrendo ferimentos graves. A mãe, que saiu para proteger a filha, foi atacada por um segundo felino e morreu.

Últimas