Coronavírus

Internacional Eleição no Paraguai: quase 100 pré-candidatos morrem de covid-19

Eleição no Paraguai: quase 100 pré-candidatos morrem de covid-19

Segundo o Ministério da Saúde do país, o total de pessoas infectadas em campanhas eleitorais chega próximo de 18 mil

eleição Paraguai

eleição Paraguai

Reprodução Twitter/TSJE_Py

O Ministério da Saúde do Paraguai informou nesta sexta-feira (18) que 96 pré-candidatos morreram em decorrência da covid-19 durante a campanha das eleições partidárias do próximo domingo, prelúdio dos pleitos municipais de outubro.

A campanha também deixou 8.445 pré-candidatos infectados pela doença e 682 hospitalizados, do total de 17.853 que realizaram o teste, disse Guillermo Sequera, diretor da Vigilância Sanitária, em entrevista coletiva, com dados de 20 de abril a 15 de junho.

Sequera acrescentou que, dos que morreram, três pretendiam ser eleitos pela militância dos seus partidos para concorrer às eleições locais.

O diretor, que lembrou que o Ministério emitiu uma série de recomendações para uma campanha segura para as eleições, pediu que as pessoas votem no domingo, tendo em mente as mesmas orientações.

"Esperamos que o domingo não venha acrescentar mais mortes, não só de candidatos, mas também de eleitores. Vá votar, mas com responsabilidade, respeite as medidas e protocolos correspondentes", afirmou Sequera.

Tanto as eleições internas quanto as municipais serão realizadas de acordo com o protocolo sanitário acertado em abril pelo Superior Tribunal de Justiça Eleitoral e pelo Ministério da Saúde no mês passado, que inclui recomendações para ir votar desacompanhado tendo em conta a situação pandêmica.

Contudo, nos últimos dias, os meios de comunicação locais já noticiaram atos de propaganda eleitoral sem os devidos cuidados sanitários.

As eleições partidárias de domingo, a partir das quais os candidatos que disputarão os cargos de prefeitos e vereadores no próximo pleito local, serão as primeiras a serem realizadas no Paraguai com listas desbloqueadas e urnas eletrônicas.

As eleições municipais estavam marcadas para novembro do ano passado, mas foram adiadas devido à pandemia, que tem atualmente uma maior incidência no país, com picos de infecções e morte acumulada de pouco mais de 11 mil pessoas.

A legenda com mais pré-candidatos para as eleições internas é o Partido Colorado, com um total de 21.446, sendo também a força política com maior número de filiados, cerca de dois milhões, de acordo com o governo.

O Partido Liberal, o maior da oposição, realizará suas eleições internas para o pleito municipal e direção da legenda no mesmo dia.

Últimas