Eleições EUA 2020

Internacional Eleições nos EUA: o sistema político no país é mesmo bipartidário?

Eleições nos EUA: o sistema político no país é mesmo bipartidário?

Disputas presidenciais são sempre disputadas entre Democratas e Republicanos, que têm o maior número de votos e representação nos pleitos

  • Internacional | Do R7

Partidos Democrata e Republicano são os maiores, mas não são os únicos

Partidos Democrata e Republicano são os maiores, mas não são os únicos

Erik S. Lesser / EFE - EPA - 28.10.2020

Nas eleições nos Estados Unidos, a presidência é sempre disputada por dois partidos: os Republicanos e os Democratas. Apesar dos dois serem os maiores e mais importantes partidos no país, eles não são os únicos.

Leia também: Como funciona o Colégio Eleitoral na eleição dos EUA

Segundo a professora de Relações Internacionais da ESPM-SP, Denilde Holzhacker, existe uma série de partidos registrados e que concorrem nas eleições, o problema é que o “sistema acaba levando à bipartidarização nas disputas”. Portanto, mesmo tendo diversos partidos registrados, na prática o sistema se torna bipartidário.

Os partidos menores

Nas eleições deste ano, há a participação de outros nove partidos, entre libertários, verdes, independentes e até do rapper Kanye West, com um partido recém-criado, o Birthday, mas esses partidos menores “não tem condições de disputar as eleições em todos os estados, e com isso, não conseguem alcançar representação para ter votos”, explica a professora.

No país, cada colégio eleitoral acaba escolhendo apenas um dos candidatos através do número de votos. Com isso, é difícil que partidos menores e candidatos menos conhecidos ganhem espaço e avancem na disputa.

A diferença de representação e destaque também é sentida nos debates, onde apenas os candidatos Democratas e Republicanos participaram neste ano.

Últimas