Coronavírus

Internacional Em quarentena, Índia libera US$ 23 bilhões para ajuda aos mais pobres

Em quarentena, Índia libera US$ 23 bilhões para ajuda aos mais pobres

Pacote para aliviar efeitos da pandemia de coronavírus inclui distribuição de dinheiro vivo, alimentos e gás para mais necessitados

  • Internacional | Da EFE, com R7

Rajat Gupta / EFE-EPA - 26.3.2020

A Índia anunciou, na quinta-feira (26), um pacote de ajuda no valor de US$ 22,6 bilhões (cerca de R$ 112 biilhões), destinado a aliviar a fome dos mais carentes durante os 21 dias de quarentena para conter os contágios de coronavírus. Cerca de dois terços dos 1,3 bilhão de indianos são considerados pobres ou miseráveis e deverão ser beneficiados com distribuição de dinheiro e alimentos.

"Este pacote protegerá imediatamente o sofrimento dos pobres e daqueles que precisam de ajuda imediata", disse o ministro das Finanças, Nirmala Sitharaman, em entrevista coletiva. 

As medidas anunciadas 36 horas após o início do confinamento na quarta-feira. A quarentena total na Índia está prevista para ser concluída em 14 de abril. O país já registrou mais de 600 casos positivos e pelo menos 13 mortes.

- Acompanhe a cobertura sobre a pandemia de coronavírus no R7 -

Além da distribuição de alimentos, como arroz, trigo ou cereais, o auxílio é direcionado aos agricultores, para os quais o governo autorizou a liquidação de 30% de um subsídio do governo de cerca de US$ 80 (R$ 400) que eles recebem regularmente e anualmente.

A medida também beneficia grupos específicos de mulheres pobres, viúvas, aposentados e pessoas com deficiência. O Estado também subsidiará a distribuição de gás butano a cerca de 80 milhões de famílias.

Ajuda para empregados de pequenas empresas

Outras medidas anunciadas hoje pelo Ministro das Finanças beneficiam trabalhadores de pequenas e médias empresas com menos de 100 funcionários. O governo indiano vai arcar com o pagamento de 20% da contribuição do fundo de pensão por três meses. Esta ajuda será de 90% para quem ganha menos de 15 mil rúpias por mês (R$ 1.000).

Os trabalhadores de pequenas e médias empresas também podem obter um adiantamento do fundo, ou o equivalente a seus salários pelo mesmo período.

"Estamos respondendo às necessidades imediatas de confinamento para as pessoas que mais precisam dessas medidas, pobres, idosos, mulheres e trabalhadores", disse Sitharaman. Mas obviamente daremos mais passos ", acrescentou.

Pacote para trabalhadores da saúde

Trabalhadores fazem limpeza de ruas na Caxemira

Trabalhadores fazem limpeza de ruas na Caxemira

Farooq Khan / EFE-EPA - 26.3.2020

O pacote de emergência ainda inclui trabalhadores do setor de saúde para combater e tratar infecções por coronavírus.

Para eles, o governo aprovou um seguro de três meses com cobertura de 5 milhões de rúpias por pessoa (R$ 333 mil).

Nesta semana, o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, também anunciou uma injeção de capital para fortalecer o sistema de saúde e as instalações médicas em todo o país.

Para este ano fiscal, o estado indiano orçou gastos em saúde de 690 bilhões de rúpias (cerca de R$ 45 bilhões).

Últimas