Guerra civil na Síria: veja a cobertura completa
Internacional Enviados de Putin chegam a Israel para discutir situação da Síria

Enviados de Putin chegam a Israel para discutir situação da Síria

Moscou e Israel coordenam algumas das suas atividades militares na Síria, para evitar conflitos, mas a Rússia apoia o presidente Assad, assim como o Irã

Israel e Rússia querem coordenar ações

Israel e Rússia querem coordenar ações

EFE/EPA/SANA/HO - 30.7.2012

Enviados do presidente da Rússia, Vladimir Putin, chegaram nesta segunda-feira (28) a Israel para tratar com as autoridades locais diferentes temas regionais, entre eles a situação na Síria, onde Moscou apoia o regime de Bashar al Assad.

"Tivemos um encontro produtivo com o enviado especial da Rússia para a Síria, Aleksandr Lavrentiev, e com o vice-ministro das Relações Exteriores, Sergei Vershinin", informou o diretor-geral da Chancelaria israelense, Yuval Rotem.

"Tivemos uma discussão significativa e detalhada sobre uma variedade de temas regionais", disse Rotem, que não deu mais detalhes sobre as conversas.

Espera-se que Vershinin e Lavrentiev se encontrem amanhã com oficiais do Conselho de Segurança Nacional e com o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, segundo informaram os portais de notícias Ynet e Times of Israel.

Moscou e Israel coordenam algumas das suas atividades militares na Síria, para evitar conflitos, mas a Rússia apoia o presidente Assad, assim como o Irã, cuja expansão e influência regional os israelenses consideram uma ameaça existencial para o seu país.