Internacional Escalada de violência com palestinos termina com bombardeio de Israel

Escalada de violência com palestinos termina com bombardeio de Israel

Jatos israelenses atacam alvos na Síria e na Faixa de Gaza depois que militantes da Jihad Islâmica dispararam foguetes contra o sul de Israel

  • Internacional | Do R7

Israel bombardeou alvos na Síria e na Faixa de Gaza

Israel bombardeou alvos na Síria e na Faixa de Gaza

Ibraheem Abu Mustafa / Reuters - 23.2.2020

Israel atacou alvos na Síria e na Faixa de Gaza na noite deste domingo (23) após uma escalada de episódios de violência na região. Os bombardeios feitos pela IDF (Forças de Defesa de Israel, na sigla em inglês) foram uma retaliação contra cerca de 25 foguetes que foram lançados por militantes palestinos horas antes.

Os foguetes, por sua vez, foram a resposta da Jihad Islâmica Palestina contra a morte de um militante. Ele foi atingido por homens da IDF quando tentava plantar uma bomba no muro junto à fronteira entre os dois territórios.

A revolta dos palestinos se intensificou depois que o corpo do militante foi retirado do local por um trator israelense. Horas mais tarde, a JIP disparou os foguetes contra Israel.

A rede de proteção antiaérea israelense conseguiu abater quase todos os foguetes antes que eles atingissem algum alvo importante.

Alvos atingidos

Segundo a IDF, os ataques aéreos no fim da noite destruíram um local onde militantes da JIP se reuniam no sul de Damasco, capital da Síria. Pelo menos dois membros do grupo teriam morrido na ação, segundo a imprensa israelense.

Na Faixa de Gaza, o bombardeio mirou um grupo que se preparava para lançar novos foguetes contra o sul de Israel. Pelo menos quatro palestinos teriam se ferido no ataque.

Últimas