Novo Coronavírus

Internacional Escolas, cafés e museus da Holanda reabrirão em junho

Escolas, cafés e museus da Holanda reabrirão em junho

Governo holandês anuncia planos para reabrir unidades de ensino e outros estabelecimentos, com a queda constante de casos e mortes por covid-19

Reuters
Na reabertura da Holanda, alunos terão carteiras com divisórias nas escolas

Na reabertura da Holanda, alunos terão carteiras com divisórias nas escolas

Piroschka van de Wouw / Reuters - 8.5.2020

A Holanda levará adiante um relaxamento adicional das medidas de isolamento em junho devido ao declínio constante no número de infecções de coronavírus e de hospitalizações, disse o primeiro-ministro Mark Rutte, nesta terça-feira (19).

Leia também: Finlândia reabre escolas e diz que coronavírus está controlado

As escolas de ensino médio reabrirão no dia 2 de junho e as escolas primárias terão aulas normalmente a partir de 8 de junho, disse Rutte, detalhando uma decisão do governo holandês.

O afrouxamento acontecerá quase dois meses e meio depois de medidas de isolamento serem impostas em todo o país de 17 milhões de habitantes em meados de março.

"Conquistamos o espaço que estamos tendo por nos atermos às diretrizes", disse Rutte em uma transmissão de televisão ao vivo. "Temos que nos ater às regras porque sabemos que o vírus pode surgir novamente".

Números em queda

O número de infecções do novo coronavírus aumentou em 108 e chegou a 44.249 nesta terça-feira, com 21 novas mortes nas ultimas 24 horas. O total de mortes está em 5.715, disseram autoridades nacionais de saúde.

Cafés e restaurantes terão permissão para abrir em 1º de junho com um máximo de 30 clientes, disse Rutte. As pessoas precisam se manter a 1,5 metro de distância umas das outras, a menos que morem juntas. Museus também reabrirão, mas os ingressos só serão vendidos antecipadamente pela internet para evitar multidões.

As casas de repouso, onde as taxas de infecção têm sido relativamente altas, voltarão a permitir visitantes, e os exames estarão disponíveis de forma mais ampla para diminuir os riscos.

Últimas