Eleições EUA 2020

Internacional EUA abrem eleição presencial após quase 100 mi de votos antecipados

EUA abrem eleição presencial após quase 100 mi de votos antecipados

Cabines de votação de Nova York e Flórida abriram às 7h. Nesta terça-feira (3), eleitores de Donald Trump são mais esperados que os de Joe Biden

  • Internacional | Do R7, com EFE e Reuters

Eleitores vão ao Brooklyn Museum, em Nova York, para votar nesta terça (3)

Eleitores vão ao Brooklyn Museum, em Nova York, para votar nesta terça (3)

Caitlin Ochs/Reuters - 03.11.2020

As urnas e cabines de votação para o novo presidente dos Estados Unidos na costa Leste já estão abertas desde às 7h no horário de Brasília (5h no horário local). 

Os primeiros a votar foram eleitores do estado de Vermont, onde as sessões abriram um pouco antes, mas funcionarão oficialmente entre 5h e 10h (horário local, entre 7h e 12h no horário de Brasília). 

A região, que abriga Nova York e Flórida, abriu as votações às 7h, em horário local (8h no Brasil).

Oito dos 50 estados dos EUA (Connecticut, Indiana, Kentucky, Maine, Nova Hampshire, Nova Jersey, Nova York e Virgínia) começaram a votação às 6h (hora local).

A expectativa para esta terça-feira (3) é que a maior parte dos eleitores de Donald Trump, o candidato republicano que luta por uma reeleição, se dirijam às cabines de votação pessoalmente. O presidente criticou duramente o voto antecipado e pôs em xeque a credibilidade do método.

Apesar disso, mais de 95 milhões de norte-americanos já votaram antecipadamente - boa parte representante do democrata Joe Biden. Ainda assim, autoridades e especialistas acreditam que o dia de hoje será marcado por filas nos centros de votação.

Na costa Leste, estão situados alguns dos estados mais importantes para a definição da eleição deste ano: Nova York, tradicional estado democrata, e a Flórida, um dos maiores swing states nas eleições.

O novo presidente dos Estados Unidos deverá enfrentar duros desafios, como recuperar os milhões de empregos destruídos em decorrência da pandemia do novo coronavírus e dar uma resposta à sociedade depois da morte de mais de 230 mil americanos por causa da covid-19. 

Democrata, Biden é conhecido pela longevidade na política americana:

Trump tenta reeleição com apelo à segurança e recuperação econômica:

Últimas