Novo Coronavírus

Internacional EUA anunciam envio de recursos à Índia para controlar covid-19

EUA anunciam envio de recursos à Índia para controlar covid-19

Biden disponibilizará insumos para a fabricação da vacina Covishield, suprimentos terapêuticos e  kits de teste rápido

Índia ultrapassou a marca de 190 mil mortes por covid-19 desde o início da pandemia

Índia ultrapassou a marca de 190 mil mortes por covid-19 desde o início da pandemia

Noah SEELAM / AFP

Os Estados Unidos anunciaram, no domingo (25), o envio imediato de recursos médicos e insumos para vacina à Índia, com o objetivo de combater de forma "urgente" o grave cenário de avanço da covid-19 no país.

Jake Sullivan, o conselheiro de segurança nacional do presidente americano, Joe Biden, falou nesta segunda-feira (26) por telefone com o ocupante do mesmo posto no governo indiano, Ajit Doval, e manifestou sua "profunda solidariedade" ao povo do país asiático.

"Os EUA estão trabalhando sem parar para entregar recursos e suprimentos (para a Índia)", disse a porta-voz de Sullivan, Emily Horne, em comunicado.

Ainda de acordo com a nota, os EUA "imediatamente disponibilizarão para a Índia" matérias-primas que são "urgentemente necessárias para fabricar a vacina Covishield", que é produzida pelo Instituto Serum, da Índia, com tecnologia da Universidade de Oxford e da farmacêutica AstraZeneca.

Para ajudar a tratar pacientes com covid-19 e proteger profissionais da saúde, os EUA também enviarão "suprimentos terapêuticos, kits de teste rápido, respiradores e equipamentos de proteção pessoal", e estão considerando fornecer também suprimentos geradores de oxigênio, segundo o comunicado.

A Corporação Financeira dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (DFC) concederá subvenção à fabricante indiana BioE para que alcance seu objetivo de produzir "ao menos 1 bilhão de doses de vacina contra a covid-19 até o final de 2022", disse Horne.

Além disso, os Estados Unidos enviarão à Índia um grupo de especialistas em saúde pública do Centtro para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e da Agência Americana para o Desenvolvimento (USAID) para ajudar as autoridades locais a controlar a pandemia.

A Índia ultrapassou a marca de 190 mil mortes por covid-19 desde o início da pandemia neste domingo, após quatro dias consecutivos quebrando seus próprios recordes de óbitos e contágios.

Últimas