Eleições EUA 2020

Internacional EUA: em dia de eleição, candidatos mantêm clima de campanha

EUA: em dia de eleição, candidatos mantêm clima de campanha

Republicano Donald Trump teve agenda na Virgínia, enquanto adversário, o democrata Joe Biden visitou a cidade natal dele na Pensilvânia

  • Internacional | Do R7

Donald Trump e Joe Biden tiveram agendas nesta terça-feira de votação

Donald Trump e Joe Biden tiveram agendas nesta terça-feira de votação

Chris Kleponis/EPA/EFEKevin Lamarque/Reuters

Mesmo no dia da votação, candidatos à presidência dos Estados Unidos aproveitaram para fazer agendas de campanha nesta terça-feira (3). 

Em um ritmo menos frenético do que nos últimos dias, o republicano Donald Trump e o democrata Joe Biden não deixaram de aparecer em frente às câmeras enquanto milhões de norte-americanos iam às urnas.

O presidente Trump visitou o Comitê Nacional do Partido Republicano, em Arlington, na Virgínia, onde falou à imprensa.

Ele voltou a defender que o resultado das eleições seja conhecido pelos americanos no fim do dia de hoje. Trump é contrário à contabilização posterior de votos enviados por correio.

"Devemos ter o direito de saber quem ganhou em 3 de novembro."

O republicano teria, segundo pesquisas, uma vantagem em relação ao adversário nos votos presenciais de hoje.

Ele disse ainda que não está "pensando em discurso" para vitória ou derrota. "Ganhar é fácil, mas perder não é, especialmente pra mim."

Joe Biden começou o dia na cidade natal dele, Secranton, na Pensilvânia. O estado é considerado o mais importante para garantir a vitória de um dos candidatos nesta eleição.

Leia também: Voto antecipado supera votação total de 2016 em 5 estados

Ainda pela manhã, o democrata visitou a casa onde passou a infância. Um grupo de apoiadores o aguardava no local.

Ele ironizou a notícia de que Trump poderia declarar a vitória antes da contabilização da maioria dos votos, caso estivesse na frente.

"Com base na noção de Trump, vou declarar vitória agora."

O presidente negou mais cedo, em entrevista à Fox News, que fosse declarar vitória antes da hora. Ele chamou as notícias sobre o assunto de "falsos reportes".

Biden ainda foi à cidade da Filadélfia. Acompanhado da neta, ele posou para fotos e cumprimentou apoiadores.

Trump irá acompanhar a apuração dos votos na Casa Branca. Biden irá para um espaço montado na cidade onde ele vive, Wilmington, no estado de Delaware.

Americanos vão às urnas para escolher presidente nesta terça-feira:

Últimas