Internacional EUA: História de cinzas de homem lançadas no mar causa comoção

EUA: História de cinzas de homem lançadas no mar causa comoção

Policial da Flórida encontrou no mar uma garrafa de vidro com cinzas de um homem que morreu em março, além de cartas da mãe e da filha

EUA: História de cinzas de homem lançadas no mar causa comoção

Policial achou a garrafa com as cinzas em uma praia no noroeste da Flórida

Policial achou a garrafa com as cinzas em uma praia no noroeste da Flórida

Polícia de Walton County via EFE / 9.9.2019

Uma garrafa lançada ao mar com as cinzas de um homem morto em março deste ano e com cartas da mãe e da filha dele, foi recuperada por uma policial do noroeste da Flórida, nos Estados Unidos, que incluiu um texto próprio e voltou a colocá-la nas águas, para que seguisse em sua "última aventura".

A sargento Paula Pendleton encontrou o recipiente flutuando em uma praia dentro de um parque estadual, segundo divulgou nesta segunda-feira (9) o escritório do xerife do condado de Walton, onde a oficial trabalha, em publicação nas redes sociais.

Leia também: Filha chega de surpresa, assusta mãe e leva tiro em Ohio, nos EUA

"Esta garrafa contém as cinzas do meu filho Brian, que repentina e inesperadamente morreu no dia 9 de março de 2019. O envio para sua última aventura", leu a policial, na carta escrita poe Darlene Mullins, que mora na cidade de Garland, no Texas.

Homenagem de mãe e filha

A mãe do homem e a filha dele, Peyton, lançaram o objeto nas águas do Golfo do México, em Destin, na Flórida, há poucos dias.

A menina, de 14 anos, conta na carta que escreveu que o pai gostava de ser livre e de "viajar pelo mundo", por isso, decidiram lançá-lo mais uma vez ao mar.

Além das cinzas e dos textos, na garrafa havia um papel com um número de telefone e alguns dólares, para que a pessoa que o encontrasse, desse um telefonema, para dizer até onde havia chegado.

Contato com a família

Pendleton, que em 2018 perdeu o marido devido uma doença repentina, disse ter se sentido próxima à mãe e à filha de Brian, e por isso entrou em contato com elas imediatamente, para garantir que a "aventura" iria seguir.

A policial entregou a garrafa para o capitão de um navio

A policial entregou a garrafa para o capitão de um navio

Polícia de Walton County via EFE / 9.9.2019

A policial aproveitou e entregou a garrafa para o capitão de um navio, para que a lançasse mais distante da costa no Golfo do México. Além disso, incluiu mais uma carta, sem dar mais detalhes sobre o que escreveu.

Agora, milhares de pessoas estão seguido a "Viagem de Brian", através de um site criado por Peyton.

"Quero mantê-lo vivo. Como não posso fazer isso fisicamente, vou fazer dessa maneira", garantiu a filha.