Internacional EUA identificam ataque hacker contra o Departamento do Tesouro

EUA identificam ataque hacker contra o Departamento do Tesouro

Governo tenta identificar os responsáveis e suspeita de que a ação que teve como alvo bancos de dados federais tenha relação com a Rússia

  • Internacional | Do R7, com Reuters

EUA identifica invasão de hacker em banco de dados do Departamento do Tesouro

EUA identifica invasão de hacker em banco de dados do Departamento do Tesouro

Pixabay

Um sofisticado grupo de hackers apoiado por um governo estrangeiro roubou informações do Departamento do Tesouro dos EUA e de uma agência norte-americana responsável por decidir a política em torno da internet e telecomunicações, afirmaram à Reuters pessoas familiarizadas com o assunto.

"O governo dos Estados Unidos está ciente desses relatórios e estamos tomando todas as medidas necessárias para identificar e remediar quaisquer possíveis problemas relacionados a esta situação", disse o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, John Ullyot.

Biden e Kamala Harris são escolhidos 'Pessoa do Ano' da Time

Segundo reportagem publicada pelo jornal The New York Times, o governo norte-americano suspeita que o ataque contra bancos de dados federais tenha relação com o governo da Rússia. 

Há preocupação na comunidade de inteligência dos EUA de que os hackers que tenham usado uma estratégia semelhante para invadir o sistema de outras agências governamentais, de acordo com três pessoas informadas sobre o assunto.

Após a confirmação do ataque hacker, uma reunião do Conselho de Segurança Nacional na Casa Branca foi convocada no sábado (12), disse uma pessoa a par do assunto à Reuters.

Ao New York Times, um funcionário do governo afirmou que seria cedo para apontar os danos causados pela invasão e quais informações foram obtidas pelos cibercriminosos.

Baleia jubarte é flagrada próxima à Estátua da Liberdade em Nova York

Suspeita-se que a o ataque de cibercriminosos teria começado ainda no primeiro semstres deste ano e passou imperceptível pelo sistema de segurança durante a pandemia e toda a campanha eleitoral norte-americana. 

Últimas