EUA impõem sanções econômicas totais contra Venezuela  

Essa é a primeira vez que medida foi assinada em 30 anos. Todos os bens de Nicolás Maduro estão congelados e transações com o país latino proibidas

Trump assina sanção econômica total contra Venezuela

Trump assina sanção econômica total contra Venezuela

Leah Millis/ Reuters - 19.7.2019

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta segunda-feira (5) sanções econômicas totais contra o governo da Venezuela.

Com a medida, estão congelados todos os bens do presidente chavista Nicolás Maduro além de proibir transações com o governo latino, a menos que elas não estejam especificamente isentas.

A ordem foi assinada pelo presidente Donald Trump. Essa é a medida mais radical contra Maduro e os EUA já haviam aplicado outras sanções contra bancos e petroleiras venezuelanas.

Essa é a primeira vez que o governo assina a decisão contra um governo ocidental em mais de 30 anos, segundo o jornal Wall Street Journal. Agora, Venezuela entra no grupo de países que já sofreram embargos do tipo pelo governo americano, junto com Cuba, Coreia do Norte, Irã e Síria.