Eleições EUA 2020

Internacional EUA: Kamala Harris é oficializada como vice na chapa de Joe Biden 

EUA: Kamala Harris é oficializada como vice na chapa de Joe Biden 

A senadora, que se tornou a primeira mulher negra-asiática a integrar uma importante chapa presidencial dos EUA, fez duas críticas a Donald Trump 

  • Internacional | Do R7, com informações da Reuters

Em seu discurso, Kamala Harris apelou ao eleitorado para derrotar Trump em 3 de novembro

Em seu discurso, Kamala Harris apelou ao eleitorado para derrotar Trump em 3 de novembro

Reuters/Kevin Lamarque (19.8.20)

A senadora americana Kamala Harris aceitou a nomeação democrata para ser candidata a vice-presidente nas eleições presidenciais dos EUA durante a terceira noite da convenção do partido nesta quarta-feira (19). Em seu discurso, ela implorou aos americanos que elegessem Joe Biden em novembro e acusou o presidente Donald Trump de liderança fracassada que custou vidas e meios de subsistência durante uma pandemia do novo coronavírus.

Harris faz história como a primeira mulher negra-asiática-americana a concorrer em uma importante chapa presidencial dos EUA. A senadora afirmou que liderança divisiva de Trump levou o país a um "ponto de inflexão" e fez um apelo direto ao eleitorado diversificado do partido, cujo voto é crucial para derrotar o republicano em 3 de novembro.

Veja também: Democratas formalizam Biden como candidato à presidência dos EUA

“O caos constante nos deixa à deriva, a incompetência nos amedronta, a insensibilidade nos faz sentir sozinhos", disse a senadora de um centro de eventos na cidade natal de Biden, Wilmington, Delaware, que estava praticamente vazio por causa do surto de coronavírus.

Para Harris, a solução é eleger um "presidente que nos unirá a todos - negros, brancos, latinos, asiáticos, indígenas - para alcançar o futuro que queremos coletivamente. Devemos eleger Joe Biden”, disse ela.

Obama: Trump usa presidência para 'ajudar a si e seus amigos'

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, que também discursou na convenção, fez fortes críticas a seu sucessor na Casa Branca, dizendo que Trump tem usado o poder de seu cargo apenas para "ajudar a si mesmo e a seus amigos".

Obama, cujo vice-presidente foi Biden, disse que esperava que Trump levasse o trabalho a sério, sentisse o peso do cargo e descobrisse uma reverência pela democracia americana.

"Por quase quatro anos, ele não mostrou interesse em trabalhar. Nenhum interesse em tratar a presidência como nada além de mais um reality show que ele pode usar para obter a atenção que anseia", disse Obama.

A terceira noite de uma convenção do Partido Democrata contou com forte presença feminina entre moderadoras e palestrantes, mostrando o crescente poder das mulheres na política. Biden lidera as pesquisas de opinião em relação ao atual presidente, em um resultado sustentado por uma grande vantagem na intenção de voto feminino.

Se for eleito, Biden, de 77 anos, seria a pessoa mais velha a se tornar presidente dos Estados Unidos, o que aumenta as especulações de que ele terá apenas um mandato. A nomeação para a vice-presidência tornaria Harris, 55, a candidata principal para a disputa de 2024.

Últimas