Internacional EUA não devem "desestabilizar" o novo regime afegão, diz Talibã

EUA não devem "desestabilizar" o novo regime afegão, diz Talibã

Declaração ocorreu no primeiro encontro entre os países desde a retirada das tropas norte-americanas 

AFP
O grupo extremista Talibã declarou que os Estados Unidos não devem "desestabilizar" o novo regime do Afeganistão

O grupo extremista Talibã declarou que os Estados Unidos não devem "desestabilizar" o novo regime do Afeganistão

Hoshang Hashimi / AFP - 03/10/2021

O Talibã advertiu, neste sábado (9), que os Estados Unidos não devem "desestabilizar" o novo regime do Afeganistão. A declaração ocorreu no primeiro encontro entre os países desde a retirada das tropas norte-americanas. 

"Dissemos claramente a eles que tentar desestabilizar o governo do Afeganistão não é bom para ninguém", afirmou o ministro das Relações Exteriores do Talibã, Amir Khan Muttaqi, à agência estatal afegã Bakhar.

“As boas relações com o Afeganistão são positivas para todos. Nada deve ser feito para enfraquecer o atual governo do Afeganistão, que pode buscar soluções para os problemas de seu povo”, acrescentou, em declarações gravadas e traduzidas pela AFP.

Muttaqi fez os comentários após o primeiro dos dois dias de reuniões com uma delegação dos Estados Unidos.

Os encontros estão sendo chefiados pelo Representante Especial Adjunto para a Reconciliação do Afeganistão, Tom West, e por Sarah Charles, oficial humanitária chefe da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid).

A delegação norte-americana não comentou, por enquanto, as declarações do ministro. A volta ao poder do Talibã, em meados de agosto, coincidiu com a caótica retirada dos Estados Unidos, após vinte anos de ocupação no Afeganistão.

Últimas