Internacional EUA: Nikolas Cruz se declarará culpado por massacre em escola

EUA: Nikolas Cruz se declarará culpado por massacre em escola

Ataque aconteceu em Parkland, na Flórida, em fevereiro de 2018; foram mortas 17 pessoas, 14 delas estudantes

Agência EFE
Nikolas Cruz, autor do ataque contra uma escola em Parkland, na Flórida

Nikolas Cruz, autor do ataque contra uma escola em Parkland, na Flórida

Mike Stocker/EFE

Nikolas Cruz, o jovem que confessou à polícia ser o autor do massacre cometido em uma escola de Parkland, na Flórida, no dia 14 de fevereiro de 2018, se declarou nesta sexta-feira (15) culpado por agredir um guarda na prisão, e na semana que vem deverá fazer o mesmo em relação ao ataque.

A declaração de culpabilidade por quatro crimes em razão de sua agressão a um guarda foi feita durante uma audiência convocada por um tribunal do condado de Broward, no sul da Flórida, a pedido da defesa e em meio a grande expectativa.

Antes, a imprensa local anunciou que Cruz se declararia culpado nesta sexta-feira pela morte de 17 pessoas na escola Marjorie Stoneman Douglas, o que não aconteceu. A juíza responsável pelo caso marcou para a próxima quarta-feira uma audiência sobre esse assunto.

A promotoria já antecipou que não chegou a nenhum acordo com a defesa, motivo pelo qual, a princípio, essa declaração não evitaria uma pena de morte.

Cruz, hoje com 23 anos, foi identificado como autor dos tiros na escola Marjorie Stoneman Douglas e foi preso no mesmo dia do massacre, no qual morreram 17 pessoas, 14 delas estudantes.

Últimas