EUA planejam expulsar estudantes e pesquisadores chineses

'Eles não deveriam estar nas nossas escolas espionando', afirmou o secretário de Estado, Mike Pompeo; medidas serão anunciadas nesta sexta (29)

Pompeo diz que estudantes chineses são ameaça

Pompeo diz que estudantes chineses são ameaça

Andrew Harnik/Pool via REUTERS - 28.4.2020

O governo dos Estados Unidos tem planos de expulsar estudantes e pesquisadores chineses que estudam ou atuam em universidades norte-americanas e que tenham conexão direta com instituições ligadas ao Exército da China. A medida foi tornada pública em uma reportagem do jornal The New York Times e confirmada nesta sexta-feira (29) pelo secretário de Estado, Mike Pompeo.

"Eles não deveriam estar nas nossas escolas espionando", disse Pompeo durante entrevista à rede de TV Fox News. "Nós estamos levando muito a sério a ameaça representada por estudantes que vem aqui [para os EUA] e que têm ligações profundas com o Estado Chinês."

De acordo com o Times, o plano seria revogar os vistos destes estudantes e pesquisadores, o que na prática significa expulsá-los do país. Pompeo não confirmou exatamente qual será a medida tomada pela Casa Branca, mas afirmou que presidente Donald Trump deve anunciá-la ainda nesta sexta-feira.