EUA têm mais de 2 milhões de casos e 114 mil mortes por covid-19

Contagem independente da Universidade Johns Hopkins aponta que o país, que lidera as mortes e infecções no mundo, teve 839 óbitos nas últimas 24h

Estado de Nova York lidera o número de casos e mortes nos EUA

Estado de Nova York lidera o número de casos e mortes nos EUA

Jeenah Moon / Reuters - 5.5.2020

Os Estados Unidos alcançaram nesta sexta-feira (12) o total de 114.613 mortes e 2.043.656 casos confirmados de covid-19, de acordo com a contagem feita de forma independente pela Universidade Johns Hopkins.

A nova atualização, lançada às 20h (horário local; 21h em Brasília), acrescentou 839 óbitos e 21.666 contágios nas últimas 24 horas.

O estado de Nova York se mantém como a parte dos EUA mais afetada desde o começo da pandemia, com 382 mil casos confirmados e 24.495 mortes. A cidade de Nova York sozinha contabiliza 17.193 óbitos, a mesma quantidade que no dia anterior.

Em meados de abril, o estado chegou a registrar 10 mil casos por dia, mas nas últimas semanas tem conseguido frear o avanço do coronavírus SARS-CoV-2 com medidas de isolamento e, nesta sexta-feira, registrou apenas 822 novos contágios.

Atrás de Nova York, destacam-se negativamente os estados de Nova Jersey, com 166 mil casos e 12.489 mortes; e a Califórnia, que se tornou um dos novos focos da doença, com 133 mil contágios e 4.697 óbitos, segundo os dados mais recentes.

Na última semana, os números de novos casos voltaram a disparar em mais de um terço dos 50 estados do país: Alaska, Arizona, Arkansas, Carolina do Norte, Carolina do Sul, Dakota do Norte, Dakota do Sul, Flórida, Geórgia, Havaí, Kentucky, Michigan, Nevada, Novo México, Oklahoma, Oregon, Utah, Vermont e Washington.

Especialistas atribuíram muitos desses aumentos à reabertura da economia de alguns estados coincidindo com o Memorial Day, na última segunda-feira de maio, que tradicionalmente dá início à temporada de verão nos EUA.