Coronavírus

Internacional EUA: Walmart deixará de exigir uso de máscaras aos vacinados

EUA: Walmart deixará de exigir uso de máscaras aos vacinados

Autoridades de saúde do país recomendaram que população imunizada pare de usar o equipamento de proteção individual

O Walmart é maior rede de supermercados dos Estados Unidos

O Walmart é maior rede de supermercados dos Estados Unidos

Google Maps

O Walmart, maior rede de supermercados dos Estados Unidos, deixará de exigir o uso de máscaras para funcionários e clientes vacinados contra a covid-19 depois que as autoridades de saúde do país recomendaram que a população imunizada contra o coronavírus pare de usá-las, informou a imprensa local.

Segundo comunicado interno da empresa, citado pela emissora CNBC, os clientes puderam dispensar o uso de máscaras de proteção já a partir de sexta-feira (14), enquanto os funcionários poderão deixar de usá-las a partir da próxima terça (18).

No entanto, a empresa especificou que os supermercados seguirão as regras ditadas pelas autoridades locais quanto ao uso dessas peças de proteção.

Quanto aos funcionários da rede varejista, a empresa especificou que se limitará a perguntar por escrito a eles se foram ou não vacinados, antes de permitir que dispensem o uso da máscara.

"A integridade é um dos nossos valores fundamentais e estamos confiantes de que os parceiros respeitarão esse princípio ao responder", disse a empresa na carta.

No entanto, o Walmart vai exigir comprovante de vacinação dos funcionários que quiserem ter acesso ao bônus de US$ 75 (R$ 395,40) oferecido pela empresa aos vacinados.

Ontem, a diretora dos Centros de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC, sigla em inglês), Rochelle Walensky, disse que "quem está totalmente vacinado pode participar de atividades internas e externas, grandes e pequenas, sem ter que usar máscara ou guardar uma distância física". "Se você estiver totalmente vacinado, pode começar a fazer as coisas que parou por causa da pandemia", completou.

Últimas