Internacional Ex-policial acusado de matar George Floyd se nega a depor

Ex-policial acusado de matar George Floyd se nega a depor

Derek  Chauvin disse ao juiz que estava invocando seu direito da Quinta Emenda contra a autoincriminação

  • Internacional | Do R7, com AFP

Derek Chauvin  é o policial que aparece em vídeos ajoelhado sobre o pescoço de George Floyd

Derek Chauvin é o policial que aparece em vídeos ajoelhado sobre o pescoço de George Floyd

Reprodução YouTube

O ex-policial Derek Chauvin disse nesta quinta-feira (15) que não testemunhará em seu julgamento pela morte de George Floyd.

Chauvin disse ao juiz Peter Cahill que estava invocando seu direito da Quinta Emenda contra a autoincriminação e que não tomaria posição.

"Vou solicitar meu privilégio da Quinta Emenda hoje", disse Chauvin.

O ex-agente de 45 anos enfrenta acusações de homicídio e homicídio culposo na morte de Floyd em 25 de maio de 2020.

Chauvin foi flagrado em um vídeo ajoelhado sobre o pescoço de Floyd por mais de nove minutos. A cena viralizou na internet e motivou uma série de protestos contra a violência policial nos EUA e também em outros países.

Últimas