Internacional Ex-policial que matou George Floyd será sentenciado em 16 de junho

Ex-policial que matou George Floyd será sentenciado em 16 de junho

Derek Chauvin, de 45 anos, pode pegar 40 anos de prisão se for condenado à pena máxima

  • Internacional | Do R7, com AFP

Derek Chauvin foi considerado culpado pela morte de George Floyd e a aguarda sentença

Derek Chauvin foi considerado culpado pela morte de George Floyd e a aguarda sentença

EFE/EPA/HENNEPIN COUNTY SHERIFF

O ex-policial Derek Chauvin considerado culpado pelo assassinato de George Floyd será sentenciado em 16 de junho, informou um documento do tribunal divulgado nesta sexta-feira (23)

Por ter passado 9 minutos e 29 segundos ajoelhado sobre o pescoço e costas de Floyd, em maio do ano passado, Chauvin foi considerado culpado nas três acusações:  homicídio em segundo grau, homicídio em terceiro grau e homicídio culposo.

Se receber a pena máxima, o agente de 45 anos pode pegar até 40 anos de prisão.

Durante o julgamento, o chefe de polícia de Mineápolis, Medaria Arradondo, afirmou que Chauvin quebrou as regras e o código de ética da corporação. 

"Não é parte do nosso treinamento, e certamente não é parte de nossa ética e dos nossos valores", afirmou Arradondo.

 A morte de Floyd durante a abordagem policial resultou no movimento "Black Lives Matter", ou "vidas negras importam", que ganhou uma proporção mundial e motivou mobilizações para denunciar a morte violenta de pessoas negras.

Últimas