Internacional Exército israelense destrói 3 túneis do Hamas em Gaza

Exército israelense destrói 3 túneis do Hamas em Gaza

Operação Limite Protetor foi iniciada em 8 de julho

O Exército israelense atacou cerca de 75 posições em toda a Faixa de Gaza desde a meia-noite de ontem e também destruiu três túneis construídos pelo Hamas, informaram nesta quarta-feira (30) as Forças de Defesa de Israel (IDF, sigla em inglês) em comunicado.

"Desde a meia-noite, as IDF atacaram 75 alvos terroristas na Faixa de Gaza", diz o comunicado, que estimou em 4,1 mil o número de alvos atingidos pelas forças israelenses desde 8 de julho, quando foi iniciada a operação Limite Protetor.

Míssil destrói casa de líder do Hamas em Gaza 

Militantes de Gaza se infiltram por túnel em Israel e matam 5 soldados

Os ataques da última madrugada causaram pelo menos 31 mortes e mais algumas dezenas de feridos, segundo fontes médicas no território palestino. As fontes detalharam que do total de vítimas, 20 pessoas morreram em um bombardeio de tanques contra uma escola da ONU, um incidente que não foi confirmado pelas IDF.

"A Força Aérea atacou cinco mesquitas que eram utilizadas com objetivos terroristas, como esconder armas, ocultar os acessos aos túneis e que serviam como postos de observação". "Além disso, o Exército atacou uma instalação utilizada por um militante do alto escalão do Hamas que está a cargo da divisão de (guerra) cibernética", acrescentou a nota. 

Segundo as IDF, 1.566 dos ataques realizados desde 8 de julho foram voltados contra alvos relacionados com o lançamento de foguetes contra Israel, 167 eram oficinas de fabricação e armazéns de armas e 746 serviam como centros de controle e comando.

Sobre os ataques das milícias islamitas, Israel afirmou que dois foguetes e morteiros foram disparados da Faixa de Gaza desde a meia-noite, somando um total de 2.670 desde 8 de julho.

Por outro lado, nas últimas 24 horas as IDF destruíram três túneis que ligavam de Gaza a Israel, um dos principais alvos declarados da ofensiva militar.

Até o momento, Israel encontrou 33 túneis com pelo menos 66 saídas. O Corpo de Engenheiros das IDF tenta destruir todas essas ligações antes que entre em vigor um cessar-fogo. 

O que acontece no mundo passa por aqui

Seja bombardead@ de boas notícias. R7 Torpedos

Últimas