Copa do Mundo

Internacional Explosão durante exibição de partida da Copa deixa 21 mortos na Nigéria

Explosão durante exibição de partida da Copa deixa 21 mortos na Nigéria

Nenhum grupo reivindicou o ataque, mas se suspeita que tenha sido de autoria do Boko Haram

Vinte e uma pessoas morreram na terça-feira (17) à noite em uma explosão no momento em que assistiam a uma partida da Copa do Mundo em um telão na cidade de Damaturu, norte da Nigéria.

"Recebemos 21 corpos e 27 feridos", afirmou uma fonte do hospital Sani Abacha. Entre as vítimas estavam jovens e crianças.

Segundo os moradores, a bomba estava escondida em um pequeno veículo estacionado diante do local de transmissão da partida, onde muitas pessoas assistiam ao jogo entre Brasil e México.

Nenhum grupo reivindicou o ataque até o momento, mas as suspeitas apontam para o Boko Haram, que já executou ataques similares contra centros de transmissão de futebol e contra locais esportivos.

O líder do grupo islamita radical, Abubakar Shekau, já descreveu em várias oportunidades o futebol como uma perversão ocidental que busca afastar os muçulmanos da religião.

O futebol é o esporte favorito na Nigéria e a população acompanha as partidas com fervor.

Após os recentes ataques, os estados de Adamawa (nordeste) e de Plateau (centro) decidiram fechar os locais de exibição das partidas em telões por motivos de segurança.

A Copa do Mundo do Brasil deveria reunir milhares de nigerianos durante as partidas da seleção do país, que venceu a última Copa da África. Mas, com medo, muitos torcedores decidiram permanecer em casa.

Atiradores matam ao menos 50 que assistiam a jogo da Copa no Quênia

Exército da Nigéria prende 460 pessoas supostamente envolvidas com o Boko Haram

Últimas