Internacional Família real diz estar preocupada com acusações contra Meghan

Família real diz estar preocupada com acusações contra Meghan

Comunicado do Palácio de Buckingham destaca apreensão em relação às denúncias de assédio moral feitas por funcionários

Meghan está sendo acusada de assédio moral por funcionário da família real

Meghan está sendo acusada de assédio moral por funcionário da família real

Daniel LEAL-OLIVAS / AFP

O Palácio de Buckingham declarou nesta quarta-feira (3) que está "muito preocupado" com as  acusações de assédio moral feitas por um ex-funcionário contra Meghan Markle, a duquesa de Sussex, durante seu tempo como membro da família real.

"Estamos claramente muito preocupados com as acusações [publicadas no jornal] The Times, após a denúncia de um ex-funcionário do duque e da duquesa de Sussex", expressou o palácio em um comunicado.

Mais cedo, Meghan, esposa do príncipe Harry, disse estar "triste" com as acusações de assédio moral, segundo seu porta-voz.

O jornal The Times noticiou que, em outubro de 2018, Jason Knauf, então secretário de comunicações de Harry e Meghan, apresentou uma queixa de assédio moral, no local de trabalho.

Como resultado, um porta-voz da duquesa de Sussex afirmou que ela está "triste com este último ataque à sua pessoa, especialmente como sendo uma pessoa que foi assediada e está profundamente envolvida no apoio àqueles que tiveram sofrimento e traumas".

Meghan "está decidida a continuar seu trabalho para defender a compaixão em todo o mundo e continuará a se esforçar para liderar pelo exemplo para fazer a coisa certa", acrescentou.

Últimas