Novo Coronavírus

Internacional Flórida volta a bater recorde de mortes diárias por covid-19

Flórida volta a bater recorde de mortes diárias por covid-19

Este é o maior número de óbitos diários desde o dia 1º de março, quando foi oficialmente registrado o primeiro contágio no estado

  • Internacional | Da EFE

Paciente de covid-19 é transferido para hospital em Hialeah, Flórida, EUA

Paciente de covid-19 é transferido para hospital em Hialeah, Flórida, EUA

Marco Bello / Reuters - 29.7.2020

O alívio que a Flórida estava presenciando nos números da covid-19 acabou nesta terça-feira, com um recorde de 276 mortes causadas pela doença nas últimas 24 horas, contando apenas residentes do estado, de acordo com o Departamento de Saúde estadual.

Este é o maior número de óbitos diários desde o dia 1º de março, quando foi oficialmente registrado o primeiro contágio na Flórida. Até agora, o recorde era de 257 mortes de residentes em 31 de julho.

Nas últimas 24 horas foram confirmados 5.831 novos casos, quantidade superior à do dia anterior, mas ainda muito abaixo do recorde de 15.300, estabelecido em meados de julho.

Leia mais: Coronavírus: por que pandemia saiu do controle na Flórida, principal destino de imigrantes brasileiros nos EUA

Desde que os dados começaram a ser computados, 542.792 pessoas foram diagnosticadas com covid-19 na Flórida, e 8.553 residentes e 132 não residentes morreram devido à doença causada pelo coronavírus SARS-CoV-2.

Até a segunda-feira passada, a contagem estava em 536.961 casos, com as mortes de 8.277 residentes do estado e 129 não residentes.

O Departamento de Saúde da Flórida contabiliza separadamente as mortes de residentes e não residentes, e no último caso apenas divulga o número acumulado, sem especificar lugares e datas.

Últimas