Internacional Foto registra o último militar dos EUA a deixar o Afeganistão

Foto registra o último militar dos EUA a deixar o Afeganistão

Governo norte-americano encerrou as operações de resgate 24 horas antes do prazo e deixou o território afegão após 20 anos

  • Internacional | Pablo Marques, do R7 com Reuters e AFP

General Chris Donahue, o último militar dos EUA a deixar o Afeganistão

General Chris Donahue, o último militar dos EUA a deixar o Afeganistão

XVIII Airborne Corps/Reuters

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou na noite de segunda-feira (30) a foto do último militar norte-americano a deixar o Afeganistão. 

O registro do general Chris Donahue mostra o exato momento em que ele pisa com o pé direito no avião C-17. O embaixador dos EUA no Afeganistão, Ross Wilson, também foi um dos últimos a embarcar de volta para casa.

A imagem tem a cor verde pois foi feita com o auxílio de equipamento de visão noturna, ou seja, que permite ver em locais com pouca luz.

Os EUA encerram a retirada de pessoas do território afegão 24 horas antes fim do prazo anunciado por Joe Biden e acordado com o Talibã.

Houve uma tentativa de adiar a data-limite, mas um porta-voz do grupo extremista disse em entrevista para a TV britânica que essa medida seria interpretada como uma tetantiva de  ampliar a ocupação estrangeira no país e que "haveria consequências". 

As tropas norte-americanas estavam no Afeganistão desde 2001, após os ataques de 11 de setembro. O objetivo inicial era capturar Osama Bin Laden, acusado de planejar o atentado.

Após 20 anos, Biden iniciou a retirada das tropas, como foi acordado pelo então presidente Donald Trump com o governo afegão. A início das operações, no entanto, desencadeou uma reação do Talibã que em uma ofensiva de 10 dias chegou à capital Cabul e assumiu o controle do país, em 15 de agosto. 

FRN: conheça o grupo antitalibã que ainda resiste no Afeganistão

Últimas