Coronavírus

Internacional França registra mais de 14 mil novos casos de coronavírus em 1 dia

França registra mais de 14 mil novos casos de coronavírus em 1 dia

Apesar de número de infecções ser menor que nos últimos dias, taxa ainda é significativamente maior do que outros dias no verão no hemisfério norte

França registra 14 mil casos de covid em 1 dia

França registra 14 mil casos de covid em 1 dia

Eric Gaillard/Reuters - 22.09.2020

O coronavírus se espalha a uma taxa muito alta na França, com 14.412 novas infecções em 24 horas relatadas pelas autoridades sanitárias neste sábado, além de mais 31 mortes, o que elevou o total de vítimas da covid-19 no país desde o começo da pandemia a 31,7 mil.

Em relatório publicado online, o Ministério da Saúde informou que a taxa de testes positivos subiu para 7,2%, mantendo a tendência de alta dos últimos dias. O percentual era de 6,9% nesta sexta-feira, 6,5% na quinta e 6,2% na quarta-feira.

O número de infecções relatadas no sábado é menor que os 15.797 de ontem e os 16.096 de anteontem, mas é significativamente maior do que em qualquer outro dia durante o verão no hemisfério norte, que terminou nesta semana. Além disso, 4.102 pessoas tiveram que ser hospitalizadas pela Covid-19 em todo o território francês nos últimos sete dias, e 763 deram entrada em unidades de terapia intensiva durante esse período.

A título de comparação, na semana de 14 a 20 de setembro houve 3.657 internações (34% a mais do que na semana anterior) e 599 entraram em UTIs (40% a mais).

Com a tendência de alta em todas essas estatísticas nas últimas semanas, o governo francês programou um endurecimento das medidas para evitar a propagação do vírus nos territórios com mais casos a partir deste fim de semana.

A área urbana formada por Marselha e Aix-en-Provence, assim como a ilha de Guadalupe, no Caribe, são agora consideradas em alerta máximo. Com isso, bares e restaurantes serão fechados a partir da próxima segunda-feira, o que deverá ser prorrogado por duas semanas. Além disso, vários espaços serão fechados, exceto aqueles que já possuem um rigoroso protocolo sanitário, tais como teatros, cinemas e museus.

Na chamada "zona de alerta reforçada", um passo abaixo, há agora 11 áreas urbanas, incluindo as de Paris, Lyon, Bordeaux, Nice, Toulouse, Montpellier e Lille.

Nelas, os bares podem funcionar até as 22h, enquanto os salões de festas e academias estão fechados, enquanto shows e eventos esportivos podem ter, no máximo, 1 mil pessoas - até este fim de semana, o limite é de 5 mil presentes. Soma-se a isso o fato de não serem permitidas reuniões de mais de dez pessoas no espaço público.

Últimas