Coronavírus

Internacional Funcionário da Vietnam Airlines é condenado por propagar covid

Funcionário da Vietnam Airlines é condenado por propagar covid

Jovem violou quarentena após voltar de um voo e se reuniu com 46 pessoas; ele cumprirá pena de dois anos de prisão

  • Internacional | Da AFP

Jovem é condenado a dois anos de prisão após quebrar quarentena no Vietnã

Jovem é condenado a dois anos de prisão após quebrar quarentena no Vietnã

VNA via REUTERS - 30.3.2021

Um membro da tripulação da Vietnam Airlines foi condenado a dois anos de prisão em suspenso por propagar coronavírus, informou a mídia estatal vietnamita nesta terça-feira (30). 

Depois de trabalhar em um voo de repatriamento no Japão em novembro, Duong Tan Hau violou a quarentena de duas semanas e saiu uma semana após sua chegada, reunindo-se com 46 pessoas, segundo um site do governo.

O jovem esteve com amigos e participou em um concurso na universidade de Ho Chi Minh antes de um teste de covid-19 revelar que ele estava infectado.

O jovem de 29 anos foi declarado culpado de "propagar doenças infecciosas perigosas" por um tribunal de Ho Chi Minh nesta terça-feira, segundo o órgão oficial da cidade, Phap Luat Thanh Pho Ho Chi Minh.

De acordo com esta fonte, ele transmitiu o vírus para três pessoas e "afetou a vida de mais de 2 mil moradores da cidade, dos quais 861 pessoas tiveram que entrar em quarentena e outras 1,4 mil ficaram confinadas em suas casas".

As ações de Hau causaram um dano material total de mais de 188.400 dólares, segundo o tribunal. 

O Vietnã, que registrou cerca de 2,6 mil casos de infecção por coronavírus e 35 mortes em uma população de quase 98 milhões de pessoas, está sendo elogiado pela sua gestão da pandemia.

O país manteve o número de casos baixo graças às quarentenas maciças, ao rastreamento exaustivo dos contatos e aos rígidos controles de viagens.  

Últimas