Internacional Furacão causa danos na costa leste dos EUA, mesmo perdendo força

Furacão causa danos na costa leste dos EUA, mesmo perdendo força

Isaias chegou à Carolina do Norte na madrugada e deixou ao menos um morto; agora como tempestade tropical, segue rumo ao norte

Imagem de satélite mostra chegada do furacão Isaias à Carolina do Norte

Imagem de satélite mostra chegada do furacão Isaias à Carolina do Norte

NOAA via EFE - 4.8.2020

O furacão Isaias atingiu a costa da Carolina do Norte durante a madrugada desta terça-feira (4), com fortes chuvas e ventos de até 140 km/h. Uma pessoa morreu e dezenas de casas foram destruídas.

Embora tenha chegado ao solo como um furacão de categoria 1, sua força foi rebaixada à de uma tempestade tropical, mas segue causando uma queda generalizada de energia ao abrir caminho para o norte.

Autoridades da Carolina do Norte estavam trabalhando durante a manhã para avaliar os danos, que incluíam relatos de árvores derrubadas, enchentes e incêndios.

Veja também: Temporada de furacões deste ano tem alto potencial de destruição

Winston Salem, na Carolina do Norte, atingida por chuvas provocadas pelo furacão Isaias

Winston Salem, na Carolina do Norte, atingida por chuvas provocadas pelo furacão Isaias

Servpro of Winston Salem via Reuters - 3.8.2020

"No geral, essa tempestade entrou e saiu muito rapidamente", disse o governador Roy Cooper, da Carolina do Norte, em entrevista ao Good Morning America. Por isso, acrescentou, o dano não foi "tão grande quanto poderia ter sido".

Agora, o National Hurricane Center (NHC) alertou para "o perigo de uma tempestade com risco de vida", enquanto a tempestade se move pela Virgínia.

Está previsto que Isaias siga ao longo da costa leste, trazendo fortes chuvas e ventos para estados como Maryland, Pensilvânia e Nova York 

Últimas