Internacional Furacão Delta se aproxima de costa do Golfo dos Estados Unidos

Furacão Delta se aproxima de costa do Golfo dos Estados Unidos

Com ventos de 325 km/h, ele deve provocar ventos, chuva e uma maré de tempestade com 'risco de morte', disseram meteorologistas

Reuters - Internacional
Residentes da Lousiana deixam de áreas de risco

Residentes da Lousiana deixam de áreas de risco

Jonathan Bachman/Reuters

Moradores de parte do Estado norte-americano da Louisiana lotavam rodovias enquanto o furacão Delta atravessava o Golfo do México rumo a uma região que luta para se recuperar do dano infligido por um furacão menos de dois meses atrás.

Na manhã desta sexta-feira, o Delta era uma tempestade de categoria 3 na escala Saffir-Simpson.

Com ventos de 325 km/h, ele deve provocar ventos, chuva e uma maré de tempestade com "risco de morte", disseram meteorologistas do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC).

Leia também: Se recuperando de tempestade, Louisiana espera furacão Delta

Donos de casas e negócios cobriram as janelas com tábuas, e várias paróquias do sudoeste fecharam escolas e escritórios governamentais e pediram aos moradores que partissem para locais mais seguros.

"Sei que as pessoas da Louisiana, especialmente do sudoeste, são muito fortes e muito resistentes, mas agora elas serão testadas", disse o governador, John Bel Edwards, em uma coletiva de imprensa na quinta-feira.

Modelos meteorológicos mostram o Delta se enfraquecendo ligeiramente, mas continuando como uma furacão de categoria 3 ou parecido quando baixar entre as cidades de Lake Charles e Lafayette provocando uma maré de tempestade de 1,2 m a 3,3 m de altura no litoral de Vermilion Bay.

Ele também pode desencadear tornados ao chegar em terra firme e causar até 25 cm de chuva.

A mesma região foi atingida duramente em agosto pelo furacão Laura. Mais de 6.000 pessoas ainda estão morando temporariamente em quartos de hotel e outras ficaram com casas danificadas.

Já o furacão Sally provocou chuvas torrenciais e inundações relâmpago no Alabama e na Geórgia em setembro.

Furacão Delta provoca destruição em Cancún, no México:

Últimas