Internacional Furacão Rosa: tempestade ganha força e ameaça México e EUA

Furacão Rosa: tempestade ganha força e ameaça México e EUA

Ondas grandes devem afetar partes dos litorais do sudoeste do México, do sul da Península da Baixa Califórnia e do sul da Califórnia no final desta semana

Furacão Rosa ganha força no Oceano Pacífico e ameaça México e EUA

Tempestade foi classificada como categoria 4

Tempestade foi classificada como categoria 4

NOAA/via REUTERS/27.9.2018

O furacão Rosa se transformou em uma grande tempestade no Oceano Pacífico, provocando ventos contínuos máximos de quase 230 quilômetros por hora, e sua intensidade não deve variar muito na próxima madrugada, disse o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) na noite de quinta-feira (27).

O Rosa, uma tempestade de Categoria 4 na escala de ventos de furacão Saffir-Simpson de cinco graus, estava a cerca de 975 quilômetros ao sudoeste do extremo sul da Baixa Califórnia e seguindo para o oeste a quase 15 quilômetros por hora.

Ele é a sétima tempestade de categoria 4 da temporada.

"Não se prevê uma mudança significativamente grande na força de madrugada, mas um enfraquecimento lento é esperado até o sábado e uma redução maior na velocidade do vento é prevista no início da semana que vem", informou o NHC em seu boletim.

A previsão alertou que ondas grandes geradas pelo Rosa devem afetar partes dos litorais do sudoeste do México, do sul da Península da Baixa Califórnia e do sul da Califórnia no final desta semana e durante o final de semana.

"Estas ondas grandes devem causar condições para arrebentações e correntes de retorno com risco de morte", disse o NHC, sediado em Miami, acrescentando, porém, que não há vigílias ou alertas litorâneos em vigor.

    Access log