Brexit: Reino Unido fora da União Europeia
Internacional Governo da Escócia pede apoio parlamentar para manter laços com UE

Governo da Escócia pede apoio parlamentar para manter laços com UE

Primeira-ministra quer proteger o relacionamento do país com a UE e o mercado comum

Governo da Escócia pede apoio parlamentar para manter laços com UE

Escócia afirma que quer permanecer na UE mesmo após a saída do Reino Unido do bloco

Escócia afirma que quer permanecer na UE mesmo após a saída do Reino Unido do bloco

AP

O governo da Escócia informou nesta segunda-feira (27) que vai buscar obter o maior apoio possível do Parlamento do país para preservar seus laços com a União Europeia na esteira da desfiliação britânica do bloco na semana passada.

Na terça-feira (28), uma moção especial será votada para que o governo de concessão da primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, conquiste apoio para realizar discussões, tanto no Reino Unido quanto na Europa, sobre opções para proteger o relacionamento da Escócia com a UE e o mercado comum.

“Velha Inglaterra” decidiu pela saída do Reino Unido da União Europeia

Os pedidos de um segundo referendo de independência escocesa aumentaram desde que o Reino Unido como um todo optou por deixar o bloco na quinta-feira (30), apesar de a grande maioria dos escoceses preferir permanecer na UE.

Nicola descreveu a separação como "democraticamente inaceitável" e insinuou que o Parlamento escocês poderia bloquear a aprovação da legislação necessária para o desligamento britânico da união de 28 países.

Na semana passada ela alertou que um novo referendo escocês pedindo a separação do Reino Unido é "altamente improvável" se essa for a melhor opção para manter a Escócia no bloco.