Internacional Guaidó diz que ajuda humanitária chegará em 23 de fevereiro

Guaidó diz que ajuda humanitária chegará em 23 de fevereiro

 Guaidó disse que as Forças Armadas, que seguem leais ao presidente Nicolás Maduro, devem permitir que a ajuda entre no país

Manaure Quintero/Reuters - 12.2.2019

O autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, disse nesta terça-feira (12) que a ajuda humanitária vai entrar no país no dia 23 de fevereiro para trazer alívio à população que sofre com uma escassez generalizada de alimentos e medicamentos.

Falando em um comício em Caracas, Guaidó disse que as Forças Armadas, que seguem leais ao presidente Nicolás Maduro, devem permitir que a ajuda entre no país. Guaidó denuncia o governo Maduro como ilegítimo enquanto Maduro afirma haver uma tentativa de golpe de Estado patrocinada pelos Estados Unidos para derrubá-lo.