Coronavírus

Internacional Haiti recebe primeiro lote de 500 mil doses de vacina contra covid-19

Haiti recebe primeiro lote de 500 mil doses de vacina contra covid-19

EUA doaram imunizantes da Moderna para o país caribenho que ainda não tinha começado a campanha de vacinação da população

Agência EFE
Haiti está recebendo suporte internacional para imunizar a população e combater a pandemia de covid-19

Haiti está recebendo suporte internacional para imunizar a população e combater a pandemia de covid-19

Jacob King/Pool via REUTERS - 7.4.2021

O Haiti recebeu na quarta-feira (14) o primeiro lote de 500 mil doses de vacinas contra covid-19 doadas pelos Estados Unidos anunciou a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

"A chegada dessas vacinas é muito promissora, e agora o desafio é levá-las às pessoas que mais precisam delas", disse a diretora da Opas, Carissa F. Etienne, em comunicado.

Haiti é único país das Américas sem vacinas contra a covid-19

As vacinas, doadas através do Covax, plataforma criada para distribuição equitativa de vacinas em países de baixa renda, são do laboratório Moderna, informou um porta-voz da Opas à Agência Efe.

O Haiti é um dos poucos países do mundo que não havia iniciado a vacinação contra a covid-19, e o primeiro lote chega ao país em meio à grave crise desencadeada pelo assassinato do presidente Jovenel Moise, há uma semana.

O governo dos EUA se comprometeu a doar cerca de 12 milhões de doses para nações do Caribe e de toda a América Latina.

A Opas relatou também que nas últimas semanas entregou equipamentos de proteção pessoal no Haiti, ajudou a expandir o atendimento aos pacientes com covid-19 e forneceu milhares de testes e materiais de laboratório para fortalecer as atividades de vigilância epidemiológica.

"Nós também ajudamos a treinar trabalhadores comunitários de saúde e apoiamos o Ministério da Saúde e a população na preparação para a introdução da vacina contra o coronavírus, bem como na criação de novos sistemas para dissipar rumores e desinformação sobre o coronavírus", destacou Etienne na nota oficial.

A pandemia atingiu o Haiti de forma relativamente leve, embora a limitada capacidade de testes do país deva ser levada em conta. De acordo com estatísticas oficiais, 487 pessoas morreram de covid-19 no país e 19.374 foram infectadas desde março de 2020.

Últimas