Casamento real
Internacional Harry e Meghan pedem doações para caridade em vez de presentes

Harry e Meghan pedem doações para caridade em vez de presentes

O casal selecionou 7 organizações para as pessoas ajudarem, incluindo a Children's HIV Association, para crianças com aids no Reino Unido e na Irlanda

Harry e Meghan

Reuters/Andrew Milligan/13.2.2018

O príncipe Harry, do Reino Unido, e sua noiva Meghan Markle pediram que qualquer um que deseje mandar um presente para marcar seu casamento faça, em vez disso, uma doação para uma organização de caridade, disse seu gabinete nesta segunda-feira (9). O casamento real está marcado para 19 de maio.

Harry e a atriz norte-americana Meghan Markle, que irão se casar no Castelo de Windsor, atraíram grandes multidões sempre que apareceram em público desde que anunciaram seu noivado em novembro do ano passado.

Em comunicado, o gabinete de Harry disse que o casal está incrivelmente grato com a boa vontade que têm recebido e "entusiasmado para que o maior número possível de pessoas se beneficie dessa generosidade de espírito".

"O casal pediu, portanto, que qualquer um que possa desejar marcar a ocasião considere fazer uma doação para uma organização de caridade, ao invés de enviar um presente de casamento", disse o comunicado.

Harry e Markle selecionaram sete organizações, com as quais não têm nenhuma ligação direta, que querem que as pessoas ajudem.

As instituições incluem a Children's HIV Association, que ajuda crianças vivendo com Aids no Reino Unido e na Irlanda, a Myna Mahila Foundation, que auxilia mulheres em favelas de Mumbai, a organização para desabrigados Crisis, o grupo de conservação Surfers Against Sewage e a Scotty's Little Soldiers, que apoia crianças que perderam pais enquanto serviam para as Forças Armadas britânicas.

    Access log