Internacional Homem joga gasolina e queima sua esposa viva na França

Homem joga gasolina e queima sua esposa viva na França

Segundo polícia, casal estava separado e tinha ficha criminal. Homem teria atirado na ex-companheira antes de incendiá-la

  • Internacional | Da AFP

Crime aconteceu em bairro de classe média na cidade de Mérignac

Crime aconteceu em bairro de classe média na cidade de Mérignac

Wikimedia Commons

Uma francesa de 31 anos, mãe de três filhos, foi queimada viva por seu marido, que a perseguiu pela rua, atirou em suas pernas e a encharcou com gasolina antes de incendiá-la, informou a polícia nesta quarta-feira (5).

O macabro assassinato ocorreu em plena luz do dia, na terça-feira, em um bairro de classe média na cidade de Mérignac, perto de Bordeaux.

A mulher e o homem de 44 anos, que tinha ficha criminal, estavam separados. Seus filhos - de três, sete e onze anos - moravam com a mãe. 

O homem atirou na mulher várias vezes enquanto ela fugia pela rua, atingindo-a nas pernas. Depois que ela caiu, ele a incendiou enquanto ela ainda respirava, disse a polícia. 

O homem foi preso meia hora após o assassinato na cidade vizinha de Pessac. No momento de sua prisão, ele estava armado com um fuzil, segundo a Promotoria de Bordeaux. 

Ele foi acusado de homicídio e também é suspeito de ter posto fogo na casa onde a mulher morava.

Os filhos do casal não estavam em casa no momento do ataque, disse a Promotoria, acrescentando que eles estavam recebendo atendimento psicológico.

Em 2020, 90 feminicídios foram registrados na França, em comparação com 146 no ano anterior.

Últimas