Rússia x Ucrânia

Internacional Homem morre após bater o carro em embaixada da Rússia; comitê russo diz que ação foi planejada

Homem morre após bater o carro em embaixada da Rússia; comitê russo diz que ação foi planejada

Batida ocorreu na Romênia, e promotor local discordou da declaração russa, dizendo que ainda é cedo para afirmar que o acontecimento foi provocado

AFP
Policiais trabalham após carro bater no portão da embaixada russa na Romênia

Policiais trabalham após carro bater no portão da embaixada russa na Romênia

Daniel Mihailescu/AFP - 06.04.2022

Um homem morreu nesta quarta-feira (6) depois de bater o carro no portão da embaixada russa na Romênia, o que gerou um incêndio dentro do veículo.

Gravações de testemunhas nas redes sociais mostram o automóvel em chamas após a colisão na entrada da sede diplomática.

"Até agora não podemos dizer que esse ato esteja vinculado a algo mais que as circunstâncias pessoais do motorista", afirmou o promotor romeno Bogdan Staicu.

A imprensa romena informou que o homem era diretor de uma ONG de defesa dos pais e que nesta terça-feira (5) ele havia sido condenado a 15 anos de prisão por abuso sexual contra sua filha menor de idade.

Em sua última publicação no Facebook, dois dias antes da morte, o homem escreveu: "Eu também sou ucraniano. Todos deveriam se considerar ucranianos até que esta guerra horrível termine".

O Comitê de Investigação da Rússia, responsável por inquéritos de crimes graves, afirmou que "foi informado de que não foi um acidente, e sim um incidente planejado contra a representação russa".

Últimas