Internacional Hospital canadense erra e expõe funcionários não vacinados

Hospital canadense erra e expõe funcionários não vacinados

Endereços de e-mail de todos que não estavam imunizados não foram ocultados em convocação para reunião sobre a situação

O Hospital de Ottawa revelou acidentalmente os nomes de seus funcionários que não se vacinaram contra a Covid-19

O Hospital de Ottawa revelou acidentalmente os nomes de seus funcionários que não se vacinaram contra a Covid-19

Stephane Mahe/Reuters - 14.9.2021

O Hospital de Ottawa, no Canadá, revelou acidentalmente, na semana passada, os nomes de seus funcionários que não receberam a vacina contra a covid-19.

EUA: tiktoker que não se vacinou faz apelo antes de morrer de covid

De acordo com o site britânico indy100, o departamento de recursos humanos do hospital enviou um e-mail aos funcionários não vacinados para convidá-los para uma reunião sobre a importância da aplicação do imunizante. No entando, a mensagem deixou à mostra os endereços de e-mail de todos que estavam na lista. 

Em nota, o hospital disse que a mensagem "foi imediatamente recolhida e todas as cópias foram apagadas. Um pedido de desculpas e uma explicação foram enviados aos funcionários afetados". 

O canal CTV News publicou que 391 nomes de funcionários do hospital canadense que ainda não estavam imunizados contra a covid-19 foram expostos.

Segundo o jornal local The Ottawa Citzen, os hospitais da cidade anunciaram que os funcionários deveriam receber a primeira dose do imunizante até o dia 7 de setembro e a segunda dose até 15 de outubro.

O Hospital de Ottawa também informou que irá incentivar a vacinação e exigir testes durante o período de transição. A partir de 15 de outubro, o local irá examinar a taxa de vacinação dos funcionários e determinar se novas medidas serão necessárias. 

Ainda em nota, o hospital afirmou que "espera que todos os membros da organização recebam a vacina, pois é um passo importante para garantir a segurança de todos em nossa comunidade. Educar nossa equipe não vacinada é um passo importante nessa jornada. Os profissionais de saúde têm trabalhado incansavelmente para proteger nossas comunidades durante toda a pandemia, e eles merecem proteção e apoio para que possam fazer seu trabalho com segurança e com o melhor de suas habilidades."

Últimas