Coronavírus

Internacional Ilhas do Caribe podem perder bilhões por conta da pandemia

Ilhas do Caribe podem perder bilhões por conta da pandemia

Em alguns países da região, turismo é principal fonte de renda, e com as quarentenas pelo mundo, é impossível setor continuar funcionando

  • Internacional | Da EFE, com R7

Países caribenhos perderão bilhões por conta da pandemia

Países caribenhos perderão bilhões por conta da pandemia

Pixabay

O destino turístico de milhares de turistas todos os anos, as ilhas do Caribe não sabem como se manter com o setor mais movimentado praticamente paralisado por conta da pandemia do novo coronavírus.

Para evitar a transmissão massiva da covid-19, a maioria dos países decretou quarentena e fechamento das fronteiras, o que torna a atividade turística inviável e impossível. Em algumas partes do Caribe, o turismo corresponde a 50% da economia.

O diretor-geral da Associação Caribenha de Hotelaria e Turismo (CHTA, em inglês), Frank Comito, confirmou à Efe na quarta-feira (19) a gravidade da situação que vive o setor na região.

Em março, em apenas 3 semanas a ocupação dos hotéis que a organização de Comito atende registrou uma queda de 76% para 10% de quartos reservados. A notícia era só um prelúdio do que aconteceria para a região.
 

Aumento dos casos e dos prejuízos


Após 3 meses de confinamento na maioria dos pequenos territórios caribenhos, alguns países reabriram as fronteiras e retomaram a atividade turística em julho, porém, o número de casos aumentou e obrigou as autoridades locais a imporem novamente o confinamento generalizado.

Comito destacou que a situação é de vital importância, já que o turismo é o sustento econômico da maioria das ilhas caribenhas, que em 2019 contribuíram com 59 bilhões de dólares para a economia da região e geraram mais de 2,8 milhões de empregos.

Segundo dados do gestor, no Caribe, entre meados de março e maio deste ano, cerca de 8 bilhões de dólares e mais de um milhão de empregos no setor turístico foram perdidos para a covid-19.

Últimas