Índice de desemprego recua nos EUA após reabertura da economia

Pouco mais de 2,5 milhões de pessoas foram empregadas durante quando boa parte dos EUA iniciaram o processo de relaxamento de medidas

Desemprego recua nos Estados Unidos

Desemprego recua nos Estados Unidos

Alba Vigaray / EFE - EPA - 14.5.2020

O Departamento de Trabalho dos Estados Unidos divulgou nesta sexta-feira (5) o índice de desemprego no país em maio, que foi de 13,3% e surpreendeu os especialistas, que esperavam marca próxima aos 20%.

No mês anterior, em abril, a marca foi de 14,7%, o que indica uma redução no número de pessoas fora do mercado de trabalho.

Dessa forma, pouco mais de 2,5 milhões de pessoas foram empregadas durante o mês de maio, quando boa parte dos EUA iniciaram o processo de relaxamento de medidas de contenção à propagação do novo coronavírus.

Em abril, por outro lado, foram 2,05 milhões de postos de trabalho fechados.

Nos últimos dias, analistas do setor previam que o índice de desemprego anunciado hoje seria de 19,8%, o que representaria a perda de 800 mil empregos no período de um mês.

"Em maio, houve alta substancial no setor de hotelaria e lazer, de construção, educação, saúde, comércio varejista", explica comunicado divulgado pelo Escritório de Estatísticas do Trabalho, órgão responsável pela coleta de dados sobre o desemprego.