Novo Coronavírus

Internacional Indígenas da Amazônia criam fundo para combater coronavírus

Indígenas da Amazônia criam fundo para combater coronavírus

Segundo os grupos, governos fracassam no atendimento aos povos indígenas em seus planos para conter a pandemia e é preciso buscar ajuda

Reuters - Internacional
Homem da etnia Siekopai, na Amazônia equatoriana, é testado para covid-19

Homem da etnia Siekopai, na Amazônia equatoriana, é testado para covid-19

Amazon Frontiles y Alianza Ceibo via Reuters - 29.4.2020

Grupos indígenas de nove países da bacia amazônica pediram nesta quarta-feira (6) doações para ajudar a proteger 3 milhões de habitantes da floresta tropical que são vulneráveis ao novo coronavírus porque não têm acesso adequado aos cuidados de saúde.

Segundo os grupos, o fracasso dos governos em considerar as necessidades dos povos indígenas em seus planos para conter a pandemia tornou imperativo encontrar outro financiamento para comprar alimentos, remédios e equipamentos básicos de proteção, como máscaras.

O Fundo de Emergência da Amazônia pretende arrecadar US$ 3 milhões (R$ 17 milhões) nas próximas duas semanas e US$ 5 milhões (R$ 28 milhões) em 60 dias, disseram seus organizadores na Coica (Coordenação das Organizações Indígenas da Bacia Amazônica) em uma teleconferência.

'Estamos em perigo de extinção'

"Não podemos esperar mais por nossos governos ... Estamos em perigo de extinção", disse José Gregorio Díaz Mirabal, coordenador-geral da Coica e membro da comunidade Wakuenai Curripaco na Venezuela.

O coronavírus já infectou 180 das 600 comunidades indígenas da bacia amazônica e matou 33 de seus membros em um único mês, segundo ele.

O fundo será administrado pela Rainforest Foundation US, uma ONG que trabalha para proteger florestas na América Central e do Sul. A organização transferirá recursos diretamente para as contas dos beneficiários.

A diretora-executiva da fundação, Suzanne Pelletier, disse que as comunidades indígenas são as guardiãs da floresta, cuja sobrevivência é fundamental para manter a vida na Terra.

"Essa pandemia não é apenas uma emergência humanitária, é também uma emergência ambiental", disse ela. "Os povos indígenas da Amazônia são a última linha de defesa contra a destruição das florestas e nossa maior esperança de mitigar as mudanças climáticas."

Últimas