Coronavírus

Internacional Indonésia é o 1º país a autorizar vacina anticovid da Novavax

Indonésia é o 1º país a autorizar vacina anticovid da Novavax

Imunizante é produzido sem vírus e com base em proteínas que geram resposta imunológica no organismo

AFP
Vacina da Novavax será produzida pelo  Instituto Serum da Índia

Vacina da Novavax será produzida pelo Instituto Serum da Índia

Dado Ruvic/Reuters

A Indonésia se tornou nesta segunda-feira (1º) o primeiro país a autorizar a vacina da Novavax contra a Covid-19, informou a empresa norte-americana.

Será produzida pelo Instituto Serum da Índia (SII) e comercializada com o nome de Covovax.

Essa vacina usa uma tecnologia diferente das outras vacinas autorizadas no mundo. É produzida sem vírus e com base em proteínas que geram resposta imunológica.

Pode ser armazenada a temperaturas de entre 2 e 9 graus Celsius, o que pode facilitar sua distribuição, especialmente em países mais desenvolvidos.

A Novavax "responderá a uma necessidade vital da Indonésia que é a quarta nação mais populosa do mundo e segue trabalhando para fornecer vacinas suficientes à sua população", disse o CEO da Novavax, Stanley Erck.

As primeiras entregas devem começar "imediatamente", acrescenta o comunicado.

Também nesta segunda-feira a Novavax anunciou que pediu autorização à Agência Europeia de Medicamentos e Canadá.

Pedidos similares estão sendo analisados no Reino Unido e Austrália e foi formalizada uma solicitação à Organização Mundial da Saúde (OMS). A Novavax planeja realizar antes do fim ano esse trâmite nos Estados Unidos.

A vacina tem uma eficácia de 90,4% contra a doença e de 100% nos casos de graves a moderados, segundo ensaios clínicos em cerca de 30.000 pessoas dos Estados e México apresentados em junho.

Covid mata mais em bairros pobres de SP. Veja onde vírus é mais letal

Últimas