Coronavírus

Internacional Indonésia ultrapassa a marca de 100 mil mortes por covid-19

Indonésia ultrapassa a marca de 100 mil mortes por covid-19

País é o epicentro da pandemia na Ásia e responde por um em cada cinco óbitos causados pela doença no mundo

Reuters - Internacional
Um paciente idoso com covid respira por um ventilador em um hospital na província de Java Ocidental

Um paciente idoso com covid respira por um ventilador em um hospital na província de Java Ocidental

Adi Weda / EFE / EPA - 23.06.2021

A Indonésia ultrapassou a marca de 100 mil mortes por covid-19 nesta quarta-feira (4), mostraram dados do Ministério da Saúde do país. Recentemente a nação do sudeste asiático passou a responder por um em cada cinco óbitos causados pela doença no mundo.

O país enfrentou uma onda de infecções e mortes por coronavírus impulsionada pela variante Delta altamente contagiosa no último mês, e se transforma rapidamente no epicentro do coronavírus na Ásia.

Também nesta quarta-feira, os dados revelaram que o número total de infecções da Indonésia atingiu 3,53 milhões, enquanto as mortes aumentaram 1.747 e chegaram a 100.636. Especialistas de saúde pública acreditam que a verdadeira cifra provavelmente é muito maior.

"A Indonésia precisa de uma auditoria abrangente das mortes por covid", opinou Defriman Djafri, epidemiologista da Universidade Andalas de Padang, em Sumatra Ocidental, citando uma reação insuficiente do sistema de saúde.

Atrasos em tratamentos hospitalares que podem ter causado mortes de covid-19 evitáveis e a taxa de comorbidade deveriam ser investigados, acrescentou ele.

O número de mortes pelo doença no país era de cerca de 50 mil no final de maio, o que significa que dobraram desde então.

A insuficiência de exames e rastreamentos exacerba ainda mais a taxa de óbitos, disse Masdalina Pane, da Associação de Epidemiologistas da Indonésia.

"Pacientes chegam ao hospital em estado grave ou crítico", disse ela, acrescentando: "Eles chegam ao hospital para morrer."

Últimas