Guerra civil na Síria: veja a cobertura completa
Internacional "Inferno na Terra" em Ghouta Oriental precisa acabar, diz ONU

"Inferno na Terra" em Ghouta Oriental precisa acabar, diz ONU

Organização pede implementação imediata da trégua de 30 dias na Síria; agências dizem estar prontas para entregar ajuda humanitária e tratar feridos

Guerra na Síria

Ghouta: 400 mil pessoas têm vivido sitiadas

Ghouta: 400 mil pessoas têm vivido sitiadas

REUTERS/Bassam Khabieh/25.02.2018

O secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), António Guterres, pediu nesta segunda-feira (26) que os lados em conflito implementem um cessar-fogo de 30 dias na Síria, em linha com pedido feito por grandes potências durante o final de semana.

Agências da ONU estão prontas para entregar ajuda humanitária e retirar feridos em estado grave do enclave sírio controlado por rebeldes de Ghouta Oriental, onde 400 mil pessoas têm vivido sitiadas, disse Guterres.

"Ghouta Oriental não pode esperar, é tempo de acabar com esse inferno na Terra", disse Guterres ao Conselho de Segurança da ONU, que iniciou sua principal sessão anual de quatro semanas em Genebra.

O alto comissário da ONU para os Direitos Humanos, Zeid Ra'ad al-Hussein, disse que ataques aéreos em Ghouta Oriental continuavam na manhã desta segunda-feira. 

    Access log