Inglaterra: novo suspeito na morte de 39 pessoas em caminhão é preso

Último preso é um irlandês, de 48 anos, que será acusado de homicídio e conspirar para traficar pessoas. Caminhão foi encontrado na quarta-feira (23)

Quarto suspeito em morte de 39 pessoas é preso

Quarto suspeito em morte de 39 pessoas é preso

REUTERS/Peter Nicholls/23.10.2019

A polícia do Reino Unido informou nesta sexta-feira (25) que prendeu um quarto suspeito da morte de 39 pessoas que foram encontradas no interior de um caminhão no leste da Inglaterra há dois dias.

O último preso é um homem de 48 anos, procedente da Irlanda do Norte. Os agentes britânicos o capturaram no aeroporto de Stansted, em Londres, e será acusado de homicídio e conspirar para traficar pessoas.

A polícia do condado de Essex encontrou na madrugada de quarta-feira os corpos de oito mulheres e 31 homens no interior de um compartimento refrigerado de um caminhão que passava por um polígono industrial.

O motorista do caminhão, um norte-irlandês, de 25 anos, identificado pela imprensa local como Mo Robinson, permanece sob custódia das autoridades como suspeito de assassinato. Além dele, está detido um casal também envolvido no esquema de imigração ilegal.

Inicialmente, as autoridades do Reino Unido informaram que todas as vítimas encontradas no caminhão eram chinesas, mas depois voltou atrás e disse que os dados sobre a identificação dos corpos estão sendo obtidos aos poucos.

A "BBC" informou que entrou em contato com seis famílias do Vietña que temem que alguns de seus parentes estejam entre as vítimas encontradas.

A embaixada do Vietnã em Londres entrou em contato com a polícia do Reino Unido para expressar preocupação quanto à presença de cidadãos do país dentro do caminhão.