Reino Unido

Internacional Inglaterra retira últimos países da lista vermelha por Covid-19

Inglaterra retira últimos países da lista vermelha por Covid-19

Regras para viajantes das nações recém-liberadas a entrarem no Reino Unido não se aplica ao País de Gales e à Irlanda do Norte

AFP
Medidas entrarão em vigor na próxima segunda-feira (1º)

Medidas entrarão em vigor na próxima segunda-feira (1º)

Yves Herman/Reuters - 21.12.2020

O governo do Reino Unido retirou nesta quinta-feira (28) os últimos sete países da lista vermelha da Covid-19, que limita a entrada na Inglaterra a residentes ou cidadãos britânicos, com a condição de que mantenham quarentena em um hotel.

A medida atinge Colômbia, Panamá, Equador, República Dominicana, Haiti, Peru e Venezuela, aos quais o Reino Unido havia fechado as fronteiras por causa da variante gama, identificada pela primeira vez no Brasil. 

"Manteremos a lista como medida de precaução para proteger a saúde pública e estamos prontos para adicionar países e territórios se necessário, como se fosse uma primeira linha de defesa para o Reino Unido", tuitou o ministro dos Transportes, Grant Shapps.

A medida, que entra em vigor a partir de segunda-feira (1º), diz respeito à Inglaterra, mas os representantes escoceses também anunciaram que seguirão a decisão dos ingleses. Os governos do País de Gales e da Irlanda do Norte geralmente adotam as mesmas regras.

No início de outubro, o Reino Unido já havia tirado o Brasil da lista vermelha junto com outros 45 países.

Últimas