Inglaterra sofre com inundações após dia de chuva histórica

Em cinco áreas do norte do país, há avisos graves de 'perigo à vida'. Volume de chuva esperado para o mês caiu em apenas 24h

Mais de 100 avisos de inundações foram emitidos

Mais de 100 avisos de inundações foram emitidos

REUTERS/Craig Brough/08.11.2019

Moradores de partes da Inglaterra foram obrigados a deixar suas casas nesta sexta-feira (8) depois que áreas do país foram atingidas, em 24h, pelo volume de chuvas aguardado para todo o mês. As informações são do jornal britânico The Guardian.

Mais de 100 avisos de inundação haviam sido emitidos para o norte da Inglaterra até a manhã desta sexta-feira (8) — em cinco áreas, há avisos graves de "perigo à vida".

Ao The Guardian, os moradores de South Yorkshire descreveram a quantidade de chuva que viram durante a noite como "quase bíblica". 

De acordo com jornal, as inundações afetaram redes de transporte especialmente em rotas de trens que passam por Yorkshire, na área de Sheffield, e entre Hebden Bridge e Rochdale, no noroeste do país.

O primeiro-ministro, Boris Johnson, escreveu no Twitter sobre os alagamentos. "Horrível ver as terríveis inundações pelo norte da Inglaterra. Obrigado às equipes de emergência e voluntários que estão ajudando as famílias nesta hora difícil", diz o post.

O escritório de meteorologia local informou que as chuvas devem diminuir substancialmente nesta sexta-feira. No sábado, uma frente fria deve se mover do País de Gales em direção ao leste da Inglaterra, mas desaparecerá durante a noite.