Irã registra recorde de mortes por covid-19 em um mesmo dia

Porta-voz do Ministério da Saúde, Sima Sadat Lari, informou que, nas últimas 24 horas, 2.625 pessoas deram positivo em teste para o novo coronavírus

Total de óbitos no território do país asiático subiu para 14.634

Total de óbitos no território do país asiático subiu para 14.634

WANA (West Asia News Agency)/Ali Khara via REUTERS - 4.4.2020

O Ministério da Saúde do Irã confirmou nesta terça-feira que registrou mais 229 mortes em decorrência da covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, a quantidade diária mais alta desde o início na pandemia.

Com o número contabilizado hoje, o total de óbitos no território do país asiático sobe para 14.634.

A porta-voz do Ministério da Saúde, Sima Sadat Lari, informou que, nas últimas 24 horas, 2.625 pessoas deram positivo em teste para o novo coronavírus, sendo que 1.977 delas precisaram ser hospitalizadas.

Ao todo, o Irã registra 278.827 casos de infecção para o patógeno que causa a covid-19. Deste grupo, há 242.351 recuperados, segundo o governo, e 3.589 internados em estado de saúde considerado grave.

Doze províncias do país estão em alerta vermelho, o nível mais elevado de risco, enquanto outras treze, entre elas, Teerã e Isfahan, estão em patamar inferior de perigo epidemiológico.

Reabertura

O Irã, país do Oriente Médio mais afetado pela pandemia da Covid-19, chegou a reduzir os números de contágio e mortes entre abril e maio, embora nunca tenha sido imposto um confinamento à população.

Comércios não essenciais, escolas, mesquitas e parques foram fechados, mas já reabertos, em processo de reabertura social e econômica e, desde então, houve aumento dos números de infecções e óbitos em quase todo o território.

Neste mês, o governo impôs uso de máscaras, como medida para tentar conter a propagação do novo coronavírus.