Novo Coronavírus

Internacional Irlanda recomenda suspender por precaução vacina de Oxford

Irlanda recomenda suspender por precaução vacina de Oxford

Mesmo sem provas da relação entre trombose e o imunizante, diversos países da Europa pausaram o uso da vacina contra covid

  • Internacional | Da AFP

A vacina de Oxford está sendo aplicada no Brasil desde janeiro

A vacina de Oxford está sendo aplicada no Brasil desde janeiro

Tânia Rêgo/Agência Brasil - 27.01.2021

As autoridades de saúde irlandesas recomendaram neste domingo (14) suspender por precaução o uso da vacina AstraZeneca contra o coronavírus, após a aparição de coágulos sanguíneos na Noruega, embora até agora não haja evidências de uma relação de causa e efeito.

A comissão encarregada da vacinação na Irlanda recomenda esta medida, que já está em vigor em vários países, em nome do "princípio da precaução", anunciou o médico-chefe Ronan Glynn em um comunicado.

Essa decisão foi tomada depois que a agência norueguesa de produtos de saúde informou sobre "quatro novos casos de coágulos sanguíneos em adultos" que receberam a vacina do laboratório anglo-sueco.

A Noruega, assim como Islândia, Dinamarca e Bulgária, já suspendeu o uso desta vacina por "precaução" por conta desses temores.

A AstraZeneca afirmou na sexta-feira que sua vacina não gera "nenhum risco grave" de coágulos sanguíneos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) também disse na sexta-feira que "não há razão para não usar" esta vacina, e que não foi estabelecida até agora nenhuma relação de causa e efeito entre sua aplicação e a formação de coágulos sanguíneos.

Últimas