Internacional Israel autoriza vacinar crianças entre 5 e 11 anos contra a Covid

Israel autoriza vacinar crianças entre 5 e 11 anos contra a Covid

Com a medida, autoridades esperam reduzir o número de fechamentos de escolas e a transmissão da epidemia 

AFP
Israel autorizou a vacinação de crianças entre 5 e 11 anos contra a Covid-19

Israel autorizou a vacinação de crianças entre 5 e 11 anos contra a Covid-19

Freepik

Depois dos Estados Unidos, Israel autorizou no último domingo (14) que crianças entre 5 e 11 anos se vacinem contra a Covid-19 com doses da vacina da Pfizer/BioNtech.

“O diretor-geral do Ministério da Saúde decidiu seguir as recomendações da comissão encarregada de estudar o assunto e autorizar a vacinação de crianças de 5 a 11 anos”, anunciou o ministério em nota.

Israel foi um dos primeiros países a lançar uma ampla campanha de vacinação em dezembro passado, graças a um acordo com o gigante farmacêutico Pfizer que permitiu o acesso rápido a milhões de doses em troca de dados sobre os efeitos da vacina em grande escala.

De acordo com os ensaios clínicos da Pfizer, a vacina demonstrou ser 90,7% eficaz contra as formas sintomáticas da doença.

"A maioria dos especialistas considera que os benefícios da vacinação em crianças superam os riscos, o que levou à decisão de autorizar a vacina para essas idades", disse o comunicado.

Além de evitar que adoeçam, as autoridades esperam reduzir o número de fechamentos de escolas e a transmissão da epidemia para a população em geral.

Os Estados Unidos começaram a vacinar contra a Covid-19 crianças da mesma faixa etária na última terça-feira.

Além dos EUA, China, Emirados Árabes Unidos, Camboja e Colômbia, entre outros, começaram a vacinar crianças menores de 12 anos com vacinas chinesas.

A data de início da vacinação em Israel será anunciada nos próximos dias, observou o ministério.

Últimas